quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Toda mudança é possível

Como diz Paulo Freire: " Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender"

12 comentários:

Mateus disse...

Fotos lindas, emocionantes!

♥jéssica tamires 1ºB♥ disse...

Sexta-feira dia 21/11,o jornal vale paraibano veio na nossa escola para fazer uma entrevista e conhecer o projeto mâo na terra .
Foi muito interessante e grataficante para nós alunos,poder falar sobre algo que esta ajudando a melhorar a escola e que esta conscientizando os alunos da importancia d apreservaçao do meio ambente...É um a felicidade inmensa ver nossas acoes sendo reconhecidas e elogiadas...
parabens a todos que conquistou mais essa vitória!

camila piehler 1-b disse...

Ví a reportagem no domingo quando o jornal chegou em casa,e corri para mostrar para minha mãe que tanto se preocupa com a minha formação.Ela ficou muito feliz em saber que eu estou estudando numa escola que está me preparando para o futuro e ainda se preocupa em cuidar bem do meio ambiente.

Bruna Paula disse...

Tenho participado do projeto deis do começo,e não foi fácil,uma hora é o computador que nao funciona ,outra hora não tem máquina fotografica para registrar as atividade sempre tem alguma coisa acontecendo para fazer o projeto parar.Mas a gente não desânima ,a minha sorte ,e sortedo projeto também que eu ganhei numa maquina digital no meu aniversário e passei atrazela sempre ela na escola para registrar tudo o que acontece no projeto.
A profªRosa já disse queeu sou a fotografa do projeto e isso me deixa muito feliz estou adorando participar de tudo e ver como da resultado as pessoas acreditarem no que fazem

♥ Bruna 1ºB ♥

Anônimo disse...

Eu trouxe várias mudas de couve para plantar na horta.Mas já ajudei antes na fabricação do sabão.
Minha Mãe veio áte a escola dar umas dicas para Prof° Rosa de como fazer um sabão bem branquinho.E assim que acontece a participação da comunidade.
As pessoas sempre tem alguma coisa boa para contribuir.
Minha Mãe por exemplo trabalha fora tem vários compromissos nem por isso deixou de ir até a escola nós ajudar.
A reportagem no jornal Vale Paraibano é resultado do sucesso de todos nós,alunos,professores e comunidade.
Paloma Aparecida G Dos Santos 1°B

Maiara Sousa disse...

Qundo a profª Rosa nos chamou para fala com o jornalista do valeparaibano,eu não acreditei,pois infelismente o que vira noticia de jornal é só descraça da educãção brasileira.
Aos pouco, aqui na escola cada um está fazendo a sua parte.É claro que nem todos estão participando ainda , pois nunca participaram de nada é só agora estão entendendo que o projeto é realmente um sucesso. Acredito que a minha parte agora alem de fazer as entrevista é envolver os alunos que ainda não encontraram um lugarzinho para participar dos projetos da escola.
E por varios motivos eu tenho prazer de estudar nessa escola,ter aula com professores exelentes que nós incentiva a ter consciencia da importancia de preservar o meio ambiente.

Pâmela Thaís 1ºB disse...

Eu fiquei estimulada a participar do projeto a partir do momento que a professora me convidou a elaborar as entrevistas para o jornal e o blog.
Até aquele momento,eu não tinha me identificado com nada do projeto.E acho que é isso o que acontece com os alunos,precisam se identificar com as atividades.
Eu que estou acostumada a fazer as entrevistas aqui na escola,ser entrevistada por um profissional do jornal da nossa cidade,me deu insegurança e vergonha,mas a entrevista foi fluindo e eu consegui contar um pouco do projeto,um pouco da nossa história.
Já estou com muitas idéias para as edições do jornal do ano que vem.
E a matéria no jornal da cidade é o reconhecimento do nosso trabalho,e um exemplo a ser seguido por alunos de outras escolas.

Anônimo disse...

Nunca vi uma horta tão maravilhosa, ainda mais numa Escola do Estado. Estas professoras devem ter suado a camisa de verdade!!!!!
Lúcia - Professora

Cida Bassi disse...

Parabéns Escola Estadual Professora Dinorá Pereira Ramos Brito,o Século XXI precisa de escola que desenvolvam projetos ecológicos. É importante trabalhar conteúdos,porém é também valioso aproveitar o interesse dos alunos para atividades extraclasse voltadas para a conscientização do real valor da Natureza. O homem do Futuro precisa saber respitar o chão onde pisa, a terra onde vive e onde viverão seus descendentes; precisa proteger o ar que respira para que possamos levar OXIGÊNIO para os nossos pulmões e não o ar envenenado que adoece nossas crianças, nossos jovens e nossos idosos causando despesas médicas desnecessárias para o governo. É preciso formar cidadãos que amem o Planeta onde vivemos. Chega de desastres ecológicos.

Agroecologia no CEPARL disse...

Oi Rosa.
Fantástico ver que o projeto ta acontecendo essa atividade mostra sua força.
Em breve os frutos serão ainda mais fantásticos. Parabéns mais uma vez.

rosefrizeira disse...

é algo difícil de encontrar. a natureza nos dá tudo e não damos valor. parabéns... Deus os abençoe. vcs são inspiração para mim...

Anônimo disse...

Quero parabenizar a professora que teve esta iniciativa de fazer a horta em forma de mandala,esta incicitaiva potencializa uma nova visão as nossas criaçãs a sair do tradicional,sair do quadrado e expandir sua conciencia para novas formas novos desafios, além disso a mandala traz um significado muito especial é como um portal para outras dimensões olhando no sentido energetico que deve ser nossa compreessão,ao realizar esta horta mandala professora, mesmo no teu inconciente, você está trabalhando a parte espiritual desses seres, pois traz uma dimessão de beleza e harmonia ao trabalhar isso estamos trabalhando nossa sutilidade e as plantas nos ajudam muito. Parabens mais uma vez