segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Lugar onde vivo

O aluno se expressa pelas imagens que constrói nas mais diversas possibilidades de manifestação artística. O desenho não é apenas a expressão concreta do que se apreende pela visão, mas a expressão do que se sente e pensa em relação ao que se enxerga.

A conquista do lugar como conquista da cidadania

O imaginário e as representações da vida cotidiana; o significado das coisas e dos lugares unindo e separando as pessoas.

O lugar como espaço vivido mediato e imediato dos homens na interação com o mundo.

O mundo como uma pluralidade de lugares interagindo entre si.

A cidadania como a consciência de pertencer e interagir e sentir-se integrado com pessoas e lugares. A segregação socioeconômica e cultural como fator de exclusão social.
O drama do imigrante na ruptura com o lugar de origem tanto do campo como da cidade. Para ter eficácia, o processo de aprendizagem deve, em primeiro lugar, partir da consciência da época em que vivemos. Isto significa saber o que o mundo é e como ele se define e funciona, de modo a reconhecer o lugar de cada país no conjunto do planeta e o de cada pessoa no conjunto da sociedade humana. É desse modo que se podem formar cidadãos conscientes, capazes de atuar no presente e de ajudar a construir o futuro.”
Milton Santos

2 comentários:

Mateus disse...

Muito bom! Adorei! Fiz na minha monografia com as criança de uma comunidade de Paraty um trabalho semelhante(menos elaborado).

Mateus disse...

Aliás esse é o link para ela http://www.4shared.com/file/159190703/44ec090f/Monografia_Mateus.html