quarta-feira, 18 de junho de 2008

FIQUE DE OLHO!


As embalagens utilizadas nas balas,chocolates e barrinhas de cereal não são recicláveis.

Vamos trabalhar para que as indústrias produtoras pensem melhor?

Estaremos ajudando a natureza!!!

(contribuição Profª Bassi)

Postado por Andaina

4 comentários:

Anna ;D disse...

Após um longo período sem comentar aqui no Blog, estou de volta =D
Resolvi reservar um tempinho para fazer terapia e resolver meu problema de descontração excessiva, que às vezes acaba por causar um pouco de tumulto por ser mal interpretado >.<"
Bem, sobre a questão da bala!
Andei dando uma olhada em sites net a fora e descobri uma alternativa deveras interessante para solucionar o problema do papelzinho de bala: papel de bala comestível. Isso mesmo! A embalagem é produzida com materiais biodegradáveis. Tem embalagem feita com cravo/canela, que tem gosto de cravo/canela (comentário pessoal: ¬¬)!
O projeto já está sendo dese aqnvolvido aqui no Brasil, só resta ser difundido e adotado pela população, né...

Taí a dica, pessoal: EMBALAGENS COMESTÍVEIS! Adote essa idéia!(eu sei que você pensou besteira quando leu "embalagens comestíveis"!)

Erika seda de morais disse...

achei iteressante essa proposta...mas qual seria a ideia?

Eddson disse...

eu jurava que as embalagens de balas e doces eram recicláveis!!!!
Afinal as embalagens são de plástico ou papel...e esses materiais são recicláveis!!!!

Andaina disse...

Certamente esse foi um tema muito importante...
Não sei se vcs sabem mais existe uma lei que proibe a venda de balas, pirulitos, chocolates, nas escolas... Tipo assim, acho que tudo ao extremo é demais; porém, a lei é justamente por causa da obesidade e da falta de saúde adquirida pelos corantes artificiais... Minha opinião: saber se portar é certamente sinal de boa educação; frase já conhecida: lugar de lixo é no lixo!!! Saber preservar o meio em todos vivem é sinal de consideração com os demais... Pensando no ponto do lixo ser reaproveitado, é claro que os papeis comestiveis são uma ótima idéia, porém podemos buscar com quimicos conhecidos uma boa solução para este agravante chamado lixo não reciclavel...
Então é isso, eu tentei contribuir com mais essse tema...